terça-feira, 2 de março de 2010

Química Orgânica - Elementos de NOX variável e Àcidos PIRO, META e ORTO

 

Existem Elementos com Valências Variáveis?

Valência é o número de átomos de hidrogênio que podem ser combinados com [ou deslocar] um átomo do elemento [ou radical] para formar um composto.
Por exemplo, dois átomos de hidrogênio se combinam com um átomo de oxigênio para formar o composto água (H2O); então, a valência do oxigênio é dois.
Para elementos que não se combinam com o hidrogênio, a valência é o poder de combinação do elemento com outro elemento cuja valência é sabida. Valência também pode ser definida como o número de elétrons que um átomo doa ou aceita para formar o estado duplo (ou seja, 2 elétrons na camada mais externa) ou estado octeto (ou seja, 8 elétrons na camada mais externa).

A valência de um elemento é sempre um número inteiro. Alguns elemento exibem mais de uma valência, ou seja, eles têm valências variáveis. No sulfato de ferro II ou sulfato ferroso, FeSO4, a valência do ferro é dois. No sulfato de ferro III ou sulfato férrico, Fe2(SO4)3, a valência do ferro é três. Geralmente, o nome do Latim / Grego para o elemento (ex. Ferrum) tem seu final modificado para 'oso' para a menor valência (ex., Ferroso) e 'ico' para a maior valência (ex. Férrico). A tabela abaixo mostra alguns elementos que exibem valências variáveis.






ElementoSímboloValênciaÍonsNomenclatura
CobreCu1, 2Cu1+
Cu2+
Cobre [I] ou Cuproso
Cobre [II] ou Cúprico
PrataAg1, 2Ag1+
Ag2+
Prata [I] ou Argentoso
Prata [II] ou Argêntico
MercúrioHg1, 2Hg1+
Hg2+
Mercúrio [I] ou Mercuroso
Mercúrio [II] ou Mercúrico
FerroFe2, 3Fe2+
Fe3+
Ferro [II] ou Ferroso
Ferro [III] ou Férrico
EstanhoSn2, 4Sn2+
Ag4+
Estanho [II] ou Estanhoso
Estanho [IV] ou Estânhico
ChumboPb2, 4Pb2+
Pb4+
Chumbo [II] ou Plumboso
Chumbo [IV] ou Plúmbico
FósforoP3, 5
EnxofreS4, 6


Outros elementos - mais importantes (Não são todos, existem muito mais):

Cu (Cobre) e Hg (Mercúrio) = +1 e +2
Au (Ouro) = +1 e +3
Fe(Ferro), Co(Cobalto) e Ni(Níquel) = +2 e +3
Pb (Chumbo) e Pt(Plutina) = +2 e +4
Cr(Cromo) = +2, +3 e +6
Mn(Manganês) = +2, +3, +4, +6 e +7

Um íon é qualquer átomo ou grupo de átomos com uma carga positiva ou negativa devido a perda ou ganho de elétrons. Íons com carga positiva são chamados cátions [ex., Na1+], enquanto íons com carga negativa são chamados ânions [ex., Cl1-]




Àcidos ORTO, META e PIRO


Para você escrever a fórmula do ácido, você tem de fazer a fórmula do anidrido (é o nome dos óxidos de não metais) e hidratá-los (somar moléculas de água). No caso dos elementos da coluna 5A (15), à exceção do nitrogênio, eles formam ácidos somando 1, 2 ou 3 moléculas de água.
Daí, se você soma 1 molécula, você forma o ácido META (oso ou ico vai depender da valência do elemento central. Se for 3, é oso; se for 5, é ico);
2 moléculas: piro;
3 moléculas orto (ou não precisa colocar o prefixo). No caso das suas moléculas:
H4P2O5: Como é H4, significa que foram agregadas 2 moléculas de água (2H2O = H4...O2). Daí, você faz: H4P2O5 - 2H2O ==> P2O3. Como a valência do O é sempre -2, a valência do P é 3. Então, é o ácido pirofosforoso (piro: 2H2O e oso - valência 3);
H4P2O7: Também dá para tirar 2H2O e ficamos com H4P2O7 - 2H2O ==> P2O5 (P com valência 5 e 2H20). Portanto, ácido pirofosfórico (piro: 2H2O e ico: valência 5);
H3PO3: Temos um número ímpar de átomos de H. Daí, multiplicamos por dois e ficamos com H6P2O6 e podemos tirar 3H20 (H6), ficando com: H6P2O6 - 3H20 ==> P2O3. E é o ácido ortofosforoso ou ácido fosforoso (orto: 3H2O e oso valência 3);
H3PO4: Pela mesma forma: H6P2O8 - 3H2O ==> P2O5. Ácido ortofosfórico ou simplesmente fosfórico (orto: 3H2O e ico valência 5).
A regra é:
menor valência: oso;
maior valência: ico.










ais

2 comentários:

  1. pow véy, num tem como explicar esse tal de piro, meta e orto + facil naum é? eueim, to intendendo nd, e olha q naum sou tão mal em química eim!!

    ResponderExcluir
  2. Vc pode não ser tão MAU em química,mas em português com certeza!!

    ResponderExcluir